.

.
  • PORTAL News

    terça-feira, outubro 03, 2017

    Servidores estaduais paraibanos podem fazer portabilidade e devem evitar despesas

    A transição da administração da folha de pagamento dos servidores públicos estaduais do Banco do Brasil para o Bradesco poderá durar 90 dias. O processo teve início nessa segunda-feira (2) com uma reunião entre as equipes do governo do estado e do Bradesco. O servidor que não quiser receber o salário no novo banco deverá solicitar portabilidade ao Banco do Brasil – que já se antecipou e tem formulários de transferência nas agências e na página da instituição na internet. Caso contrário, deverá encerrar a conta no BB.
    De acordo com a secretária de Estado da Administração, Livânia Farias, o estado tem pelo menos 118 mil servidores, entre ativos, inativos e pensionistas. Quando se consideram os prestadores de serviço e a administração indireta, o número sobe para cerca de 130 mil. “A transição poderá durar 90 dias, vai depender da agilidade do banco. É um processo interno do banco, então não sabemos quando os agendamentos vão começar. O que o banco deve fazer é obedecer aos requisitos que constam no edital, tais como não causar transtorno, abrir as contas e mobilizar postos de atendimento ao servidor”, frisou.
    Os agendamentos, conforme Farias, serão amplamente anunciados e por diversas mídias, a exemplo de rádio, televisão e internet. “O servidor vai com os documentos até a agência que quer ficar. Para atender a todos, o Bradesco vai ampliar o número de agências e de correspondentes bancários, além de ampliar agências que já existem”, explicou.
    Além disso, a secretária informou acerca da possibilidade de realizar a portabilidade. “Se o servidor não quiser receber o salário pelo Bradesco, pode fazer a portabilidade, mas com certeza o banco vai oferecer taxas atrativas”, salientou.
    Pacote de serviços
    Por meio da assessoria de imprensa, o Bradesco informou que o negócio representa uma oportunidade para fortalecer ainda mais a presença na Paraíba.
    “Estamos muito satisfeitos com a possibilidade de trabalhar com os servidores da Paraíba”, disse o diretor regional do Banco, Francisco Aquilino Pontes Gadelha. “Também vamos preparando um pacote especial de serviços e produtos para os servidores”, completou o diretor.
    O Bradesco está presente hoje em 140 municípios da Paraíba com agências e pontos de atendimento. Além de ampliar a rede de atendimento para outros municípios, o banco prevê também modernizar os terminais de autoatendimento de sua rede de agências, como forma de prover atendimento de qualidade e segurança para seus clientes.
    Portal Arara
    Fonte : Celina Modesto do Correio da Paraíba
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments
    Item Reviewed: Servidores estaduais paraibanos podem fazer portabilidade e devem evitar despesas Rating: 5 Reviewed By: Portal Arara
    Scroll to Top