.

.
  • PORTAL News

    quinta-feira, novembro 23, 2017

    Prefeito relata à PF que teve WhatsApp clonado após estelionatário furtar R$ 50 mil de verba federal na PB

    O prefeito de Mogeiro, José Alberto Ferreira, fez uma denúncia à Polícia Federal em que relata ter sido vítima de um golpe por meio do WhatsApp. Segundo ele, R$ 50 mil de verbas federais foram transferidos para uma conta particular. O advogado Johnson Abrantes informou ao G1 nesta quinta-feira (23) que, além desse caso, outros três prefeitos do Agreste da Paraíba registraram Boletins de Ocorrência (BO) junto à Polícia Civil, afirmando serem vítimas do mesmo golpe. 

    De acordo com o relato feito à polícia na segunda-feira (20), o número do WhatsApp do prefeito foi clonado, e pessoas da agenda dele, principalmente aquelas com vínculo com a administração municipal, foram coagidas a fazer transferências bancárias. Primeiro, os criminosos pediram que um secretário fizesse transferências para contas de terceiros, sob alegação de que o limite diário do prefeito estava ultrapassado. Foram feitas transferências de R$ 750 e R$ 800.

    Em seguida, outra secretária foi contatada. Segundo o prefeitos, os criminosos pediram que ela fizesse uma transferência de R$ 50 mil do Fundo Municipal de Saúde (FMS) - recursos do Governo Federal - para uma conta pessoal, argumentando que precisava fazer o pagamento de forma urgente e que depois resolveria a situação para prestar contas.

    A partir daí, o prefeito percebeu que teve o WhatsApp clonado e solicitou o bloqueio das linhas dele e da esposa à operadora. Segundo ele, o aplicativo estava sendo usado sem seu conhecimento desde 14 de novembro. Na denúncia, ele ainda informou que deixou o celular em uma assistência técnica por um período de 20 dias.

    G1 tentou falar com a Polícia Federal, mas a assessoria de imprensa alegou que estava impossibilitada de informar sobre o recebimento da denúncia.

    O advogado Johnson Abrantes afirmou que o golpe já foi comunicado ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) e Tribunal de Contas da União (TCU).

    Portal Arara
    Fonte: G1 PB
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments
    Item Reviewed: Prefeito relata à PF que teve WhatsApp clonado após estelionatário furtar R$ 50 mil de verba federal na PB Rating: 5 Reviewed By: Portal Arara
    Scroll to Top