Prédios históricos de Areia passam a ter taxa de visitação

O prefeito da cidade de Areia, João Francisco, assinou um decreto este mês regulamentando o uso e a visitação dos prédios públicos históricos da cidade, em conformidade com a Lei Municipal 863 de 2014, que não estava sendo aplicada nem cumprida na cidade. O objetivo é garantir a preservação dos espaços e fortalecer o Fundo Municipal de Cultura, que vai passar a receber recursos específicos com a arrecadação da exploração do turismo nestes locais para serem reinvestidos em eventos, produções e editais.
Com o decreto, passa a ser cobrada uma taxa de visitação ao Teatro Minerva, o Casarão José Rufino e o Museu Casa Pedro Américo no valor de R$ 4,00 para adultos e R$ 2,00 para crianças. Os alunos de escolas públicos ficam isentos da cobrança. Também serão exigidos R$ 150,00 para o uso dos locais para fotos profissionais e R$ 100,00 para palestras e outras atividades semelhantes. Essas últimas taxas também se aplicam ao Espaço da Arte.
No caso do Teatro Minerva, o valor da pauta foi estabelecido em R$ 500,00 para grupos e companhias de fora e de 10% do valor arrecadado na bilheteria para grupos da cidade de Areia. O objetivo é também fazer com que o espaço somente seja utilizado para atividades adequadas à estrutura, já que o teatro passou dois anos fechado e foi revitalizado e reaberto em 2017 pela Prefeitura Municipal de Areia depois que a atual gestão local conseguiu a concessão do espaço.
Segundo o prefeito João Francisco, a ideia não é a de restringir o acesso aos prédios, mas o de preservar o correto uso dos equipamentos e de promover uma rede de fomento da cultura, da história e do turismo na cidade por meio da exploração dos seus prédios históricos. “A ideia não é nova, está na Lei Municipal de 2014 e não se fazia cumprir. Agora vamos fazer com que essa regulamentação seja cumprida para que se valorizem mais os nossos prédios e para que consigamos arrecadar dinheiro para o Fundo Municipal de Cultura, que vai reinvestir na cidade”, explicou.
Portal Arara
Fonte: portal correio
Tecnologia do Blogger.