PUBLICIDADE

‘Preço da gasolina pode chegar a R$ 10’, diz Sindipetro-PB

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), Omar Hamad Filho, nesta terça-feira (30), lamentou os contantes aumentos nos combustíveis desde que a Petrobras passou a vincular os reajustes ao mercado internacional. Com isso, o valor chega a mudar, em média, três vezes por semana.
“Pelo andar da carruagem, não sabemos onde o preço vai parar porque agora está tudo atrelado ao mercado internacional, dólar, barril de petróleo, essas coisas. Neste momento, estamos na tendência de alta e do jeito que está, pode chegar até R$ 10,00.
Em entrevista ao portal Paraiba.com.br, Omar afirmou que os empresários do ramo também estão preocupados com os reajustes diários e reclamam da instabilidade causada, uma vez que isso acaba gerando insegurança e a queda nas vendas: “é prejudicial para todos, revendedores e consumidores”.
Ele continuou: “Não tem como a gente fazer nada porque é um a política do governo federal. O que podemos fazer é protestar e já estamos organizando uma agenda de protesto para tentar amenizar isso, buscando ter um reajuste semanal ou quinzenal para que tenhamos uma programação”.
O reajuste previsto para esta terça-feira é de 0,8%: “são aumentos cirúrgicos que, quando vai juntando, com zero ponto aluma coisa todo dia, se torna um aumento muito grande.
Portal Arara
Fonte: Yves Feitosa/focandoanoticia
Tecnologia do Blogger.