PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sobe para 11 número de paraibanos mortos em acidente em MG

Subiu para 11 o número de paraibanos mortos no acidente que ocorreu na manhã de sábado (13) na BR-251, em Minas Gerais. Inicialmente, sete paraibanos haviam sido identificados, mas após a atualização mais recente, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, confirmou que mais quatro paraibanos estão entre os mortos. A informação foi confirmada pela TV Record Norte de Minas.
Das 11 vítimas, seis são da cidade de Catolé do Rocha, localizada no Sertão da Paraíba. Todos os corpos já foram liberados pelo Instituto de Medicinal Legal de Montes Claros, em Minas Gerais.
Ainda não se sabe quando os corpos virão para a Paraíba, já que as famílias das vítimas estão enfrentando dificuldades com o translado. O prefeito de Catolé do Rocha, Adolfo Maia (DEM), vai se reunir com o secretariado, nesta segunda, para tentar solucionar o problema. Eles estão em contato também com o deputado federal Efraim Filho (DEM) para viabilizar o transporte.
De acordo com a assessoria de comunicação do Município de Catolé do Rocha, a ideia é trazer todos os corpos para a cidade e de lá destinar as outras vítimas para suas localidades. A assessoria confirmou também que as famílias solicitaram que não fosse realizado um velório coletivo.
Após os velórios, irá acontecer uma missa coletiva de corpo presente. Em seguida, os corpos serão sepultados no cemitério da cidade.
O acidente
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Minas Gerais, duas carretas, duas vans, um micro-ônibus e um caminhão que transportava outro veículo se chocaram na altura do quilômetro 413,2 da BR-251 entre os municípios de Montes Claros e Grão Mogol, no norte do estado.
Uma das vans pertencia a um empresário da cidade de Catolé do Rocha. Além dele, que dirigia o veículo, pelo menos quatro outras pessoas da cidade também estavam na van. Dentre elas, uma mulher e os dois filhos. Por causa da tragédia envolvendo os paraibanos, a Prefeitura de Catolé do Rocha decretou luto oficial de três dias.
Inicialmente, o Corpo de Bombeiros informou o número de sete óbitos, mas outras seis vítimas foram retiradas das ferragens. A batida deixou ainda 39 pessoas feridas, sendo que pelo menos 11 estão em estado grave e uma em estado gravíssimo. Os feridos foram levados para a Santa Casa e o Hospital Universitário de Montes Claros.
No início da tarde, a PRF liberou parcialmente o trânsito da pista no sentido de Montes Claros para Salinas. Segundo informações preliminares dos agentes policiais, o acidente foi provocado por um veículo que seguia de Salinas em direção a Montes Claros e invadiu a pista contrária colidindo na lateral de outro veículo. Os carros que vinham em seguida não conseguiram parar e houve uma sucessão de colisões, tombamento de um carro e incêndio de um dos caminhões.
Portal Arara
Fonte: portalcorreio
Tecnologia do Blogger.