PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Temer libera 10,7 bilhões em emendas parlamentares em 2017

As emendas parlamentares alcançaram o maior valor liberado em 2017, ano marcado pela delação do grupo J&F e suspensão de duas denúncias criminais contra o presidente Michel Temer. Ao todo, foram R$ 10,7 bilhões, o que representa um crescimento de 48% em relação ao ano anterior e 68% maior do que o liberado em 2015, quando a execução se tornou obrigatória. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Segundo informações, a maior liberação ocorreu no mês de dezembro, período em que o governo ainda tentava votar a Reforma da Previdência. Foram 3,24 bilhões, o equivalente a 30,1% do total. A conta inclui as indicações feitas individualmente por parlamentares e pelas bancadas estaduais e do Distrito Federal.
Os meses seguintes à divulgação da delação premiada da J&F, que implicaram Temer, também concentraram as maiores liberações a projetos de parlamentares. Foram R$ 2,02 bilhões em junho e mais R$ 2,24 bilhões em julho.

Portal Arara
Fonte: cartacapital
Tecnologia do Blogger.