PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Após reação negativa, prefeito revoga ajuda de custo de R$ 120 mil

O prefeito da cidade de Pilões, Iremar Flor (PSB), voltou atrás no pedido de auxílio-doença no valor de R$ 120 mil que tinha sido aprovado pela Câmara Municipal para tratamento contra um câncer.
O acompanhamento da doença iria ser feito nos Estados Unidos, mas ele mesmo decidiu assinar a revogação após a polêmica em torno do assunto.
Em contato com o Portal Correio, o gestor se queixou da repercussão negativa e disse que a imprensa o usou como ‘bode expiatório’. 
Iremar disse que não utilizou o dinheiro e só fez o pedido por uma necessidade. “Falaram como se eu tivesse roubando, mas não usei o dinheiro. Só pedi o crédito para uma necessidade”, comentou.
O gestor não quis aprofundar o assunto e desligou o telefone antes que a reportagem concluísse os questionamentos. 
Portal Arara
Fonte: Portal Correio
Tecnologia do Blogger.