PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Hospital é interditado após inspeção do CRM-PB

O Pronto Atendimento do município de Dona Inês, no Agreste do Estado, foi interditado a partir das 00h desta terça-feira (27) após inspeção do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB).
A interdição ética da unidade de saúde foi necessária segundo o CRM-PB após avaliações feitas no Hospital Municipal nesta segunda-feira (26).
De acordo com o Conselho, o hospital apresentou diversas inconformidades que levaram à interdição. Foi constatada a falta de equipamentos para urgência, falta de medicamentos e déficit na equipe médica. O hospital infringiu os princípios fundamentais do Código de Ética de Medicina e as resoluções do Conselho Federal.
Portal Arara
Fonte: Clickpb
Tecnologia do Blogger.