PUBLICIDADE

PB tem 42,4% das famílias comandadas por mulheres

A posição de comando das mulheres nas famílias paraibanas chegou a 42,4% no total de famílias no estado, o que representa 566.941 famílias. Os dados fazem parte estudo ‘Mulheres chefes de família no Brasil: avanços e desafios’ coordenado pela Escola Nacional de Seguros.
Em dados nacionais, a pesquisa mostra que 28,9 milhões de famílias são comandadas por mulheres, o que representou um aumento de 105% entre 2001 e 2015.
Ao longo de 15 anos, o número de mulheres chefes passou de 1 milhão para 6,8 milhões nos casais com filhos, um aumento de 551%. Entre os casais sem filhos, o percentual de crescimento foi ainda maior: de 339 mil famílias para 3,1 milhões, uma expansão de 822%.
“Há uma revolução em curso que afeta vários aspectos da vida familiar. Mas ainda falta muito para essa revolução se completar. As mulheres vivem em média sete anos mais do que os homens, ultrapassaram os homens em todos os níveis educacionais, aumentaram a sua participação no mercado de trabalho, reduziram as diferenças salariais e são maioria entre os eleitores, os beneficiários da Previdência e dos programas de assistência social. No entanto, há uma enorme disparidade na divisão do tempo dedicado aos afazeres domésticos e aos cuidados com filhos e idosos”, afirmou Maria Helena Monteiro, diretora de Ensino Técnico da Escola Nacional de Seguros.
Ainda conforme a pesquisa, a chefia feminina concentra-se entre as adolescentes (15-19 anos) e jovens (20-24 anos) e também entre as idosas (60 anos ou mais).
No arranjo casal com filhos, a chefia feminina entre adolescentes subiu de 3,8%, em 2001, para 15,1% em 2015. Entre as jovens, saltou de 7,3% para 27,4%. No caso das idosas, o aumento foi de 1,9% para 6%. Entre as adolescentes no arranjo casal sem filho, o aumento foi ainda mais expressivo: de 2,8% para 23,2%.
Portal Arara
Fonte: portalcorreio
Tecnologia do Blogger.