PUBLICIDADE

População de Alhandra queima em fogueira acusado de estuprar menina

A População de Alhandra indignados com estupro de menina de 10 anos, teriam queimado vivo, agora há pouco, o ex-presidiário acusado de praticar o crime sexual.
O suspeito foi identificado como Joselito do Vale Silva, de 33 anos, foi encontrado morto carbonizado dentro de um fogueira, na Comunidade Novo Monte, na cidade de Alhandra, Litoral Sul do estado.
Segundo informações, o suspeito foi cercado, imobilizado e levado para a execução. O homem foi queimado em uma fogueira, preparado pelos executores.
A delegada responsável pelo caso é Flávia Assad, foi juntamente com uma equipe da polícia civil para o local da  crime.
Ainda não há informações se os criminosos utilizaram arma de fogo ou outro tipo de material, além do fogo, para matá-lo.
Portal Arara
Fonte: ClickPB
Tecnologia do Blogger.