PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Crise deixa servidores da Comarca de Princesa Isabel até sem papel higiênico

Seria cômico se não fosse trágico. A crise financeira atingiu o judiciário da Paraíba, sobretudo, no que diz respeito ao 'mínimo existencial'. É que a juíza da Comarca de Princesa Isabel, Maria Eduarda Borges Araújo emitiu um comunicado, nessa quinta-feira (18), alertando os servidores e usuários do local que não maiis será fornecido água, café e até mesmo papel higiênico.
Na nota ela explica que a medida se faz necessária devido aos reflexos das dificuldades econômicas e financeiras por que passa o judiciário.
Como sugestão, a magistrada pede, ainda na nota, que os servidores façam um rateio, uma espécie de 'cotinha', para custeio dessas despesas, assim como tragam de casa seus copos e utensílios individuais caso necessitem utilizar esse tipo de objeto no recinto.
Há quem diga que, sem papel higiênico, o judiciário pode começar a feder.
VEJA O DOCUMENTO

Portal Arara
Fonte: PB Agora
Tecnologia do Blogger.