PUBLICIDADE

Morre uma das três sobreviventes do acidente aéreo em Cuba

A cubana Grettel Landrove, uma das três sobreviventes do acidente aéreo ocorrido na última sexta-feira (18) em Havana, morreu durante a noite de segunda-feira (22) no hospital onde estava internada em estado grave. Com isso, o número total de mortos no acidente subiu para 111. A jovem de 23 anos era natural de Holguín – destino do voo DMJ-972 – e morava em Havana.
O Boeing 737-200, operado pela companhia Cubana de Aviación, pertencia à empresa mexicana Global Air e caiu com 113 pessoas a bordo no último dia 18 pouco depois de decolar no aeroporto de Havana. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas.
A mulher foi resgatada com vida em meio aos destroços do avião, mas os médicos estavam preocupados com os “danos neurológicos severos” que ela apresentava.
Segundo um boletim médico divulgado poucas horas antes da morte de Grettel, as três sobreviventes continuavam em estado “crítico extremo, com possibilidades de complicação”, e em dois dos casos com “previsão desfavorável”, devido à gravidade dos ferimentos.
Filha única, Grettel integrava a companhia de dança espanhola Ecos, atividade que dividia com o curso de Engenharia Industrial na Universidade Tecnológica de Havana.
Portal Arara
Fonte: Veja
Tecnologia do Blogger.