PUBLICIDADE

Homem é morto após ser torturado durante assalto a chácara no Agreste

Um homem foi morto na manhã desta segunda-feira (18), no município de Remígio, no Agreste paraibano. De acordo com as polícias Militar e Civil, o crime aconteceu em uma chácara no bairro Baixa Verde, quando quatro suspeitos invadiram o local, anunciaram o assalto e amarraram a vítima, a filha e a esposa dele.


Segundo relato da filha da vítima à polícia, por volta das 5h, três homens e uma mulher entraram por um dos muros da chácara e, a todo momento, falavam que queriam uma arma que estava em posse do dono do imóvel.

A polícia acredita que José Amorim, aposentado, de 79 anos, morreu no local onde ele estava cortando capim para dar aos animais, após ter tido as mãos e os pés amarrados e ter sido sufocado com um saco na cabeça - colocado pelos suspeitos durante a ação criminosa.

Depois de amarrar o homem, os suspeitos foram até a casa da família da vítima - próximo ao local onde prenderam o aposentado - renderam e amarraram também a filha e a esposa dele. Em seguida, os criminosos pegaram o carro da família e encheram com vários objetos da casa e fugiram do local.

As informações da polícia são de que os suspeitos levaram também bebidas e dinheiro do aposentado. Ainda na manhã desta segunda (18), o veículo foi encontrado a cerca de 2 km do local do crime, mas sem nenhum dos produtos roubados.

A polícia informou que a família acredita que, pelo que os suspeitos falavam durante a ação, os quatro criminosos conheciam José Amorim e sabiam da rotina na chácara.

O local está isolado para realização da perícia e o corpo do aposentado será encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol). A Polícia Militar está fazendo rondas pela região para tentar localizar os suspeitos do crime.




Portal Arara

Fonte: G1PB
Tecnologia do Blogger.