PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais de 50 cidades da PB estão em risco para surto de dengue, zika e chikungunya

O Ministério da Saúde divulgou na tarde desta sexta-feira (8) que 22% das cidades brasileiras (1153)  estão em risco para surto de dengue, zika e chikungunya. Na Paraíba, são estimadas 54 cidades nessa situação, segundo estudo que avaliou índice de infestação do Aedes aegypti.
Outros 2.069 municípios em todo o país estão em alerta. Os dados foram coletados pelo Ministério da Saúde entre janeiro e 15 de março de 2018.
O LIRAa (Levantamento Rápido de Índices por Aedes aegypti ) é feito periodicamente pela pasta e tem o objetivo de monitorar o Aedes para planejar ações de intervenção – a meta é evitar surtos e alertar a população para o risco de doenças associadas ao mosquito.
Dentre as capitais, apenas três delas tiveram índice satisfatório: São Paulo (SP), João Pessoa (PB) e Aracaju (SE), informa o Ministério da Saúde. Confira a lista completa de municípios, com a avaliação do risco de cada um deles.
1.       Monteiro
2.       Pirpirituba
3.       São José de Piranhas
4.       Arara
5.       Boqueirão
6.       Patos
7.       São Miguel de Taipu
8.       Barra de Santana
9.       Solanea
10.   Cacimbas
11.   Caldas Brandão
12.   Fagundes
13.   Remígio
14.   Nazarezinho
15.   Mulungu
16.   São Bento
17.   Igaracy
18.   Areia
19.   Serra Branca
20.   Olivedos
21.   Brejo dos Santos
22.   Maturéia
23.   Itatuba
24.   Cachoeira dos Índios
25.   São Domingos de Pombal
26.   Lastro
27.   Princesa Isabel
28.   Picuí
29.   Lagoa Seca
30.   Cajazeirinhas
31.   Serra Grande
32.   Belém do Brejo do Cruz PB
33.   São José da Lagoa Tapada
34.   Brejo do Cruz
35.   Lagoa
36.   Condado
37.   Imaculada
38.   Alagoa Grande
39.   Pedra Lavrada
40.   Água Branca
41.   Ingá
42.   Aparecida
43.   Riacho dos Cavalos
44.   Soledade
45.   Pocinhos
46.   Malta
47.   Seridó
48.   Sousa
49.   Caiçara
50.   Juarez Távora
51.   Santa Luzia
52.   Juazeirinho
53.   Alagoa Nova
54.   Cacimba de Dentro
55.   Mogeiro


Portal Arara
Fonte: Emmanuela Nunes
Tecnologia do Blogger.