PUBLICIDADE

Aedes aegypti: Levantamento aponta que 170 cidades da PB estão em situação de alerta

Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), que é realizado em todos os municípios do Estado, aponta que 170 cidades da Paraíba estão em situação de alerta ou risco de surto de dengue, zika e chikungunya. Desse total, 56 estão em risco de doenças, outros 114 municípios estão em alerta e 53 estão em situação satisfatória, como é o caso de João Pessoa, que se encontra com baixa reprodução do Aedes aegypti e febre amarela.
O resultado do levantamento indica que é necessário dar mais atenção nas ações de combate ao mosquito e que a prevenção não pode ser interrompida. Na capital paraibana, o Índice de Infestação baseado no LIRAa é de 0,5%. Ou seja, a cada 200 imóveis, apenas um apresenta risco de reprodução do mosquito. O resultado do levantamento indica que João Pessoa está com baixo risco para a reprodução do mosquito, com índice abaixo de 1%.
De acordo com o gerente de Vigilância Ambiental e Zoonoses (GVAZ), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Nilton Guedes, esse é um resultado de um trabalho intensivo de monitoramento que envolve diversos setores no controle das arboviroses nos bairros da capital.
“O resultado do LIRAa é que vai definir que bairros necessitarão de um combate maior ao mosquito nos próximos meses”, afirmou. “O sucesso desse trabalho deve-se à parceria da Secretaria de Saúde com a população, principalmente porque o trabalho de conscientização é contínuo. Envolve também os agentes de endemias, profissionais da Atenção Básica, o programa de Saúde na Escola e outras secretarias, que vêm atuando nos últimos anos de uma forma sistemática, no controle do vetor e na prevenção de doenças”, explicou Nilton.

Fonte: PB Agora
Tecnologia do Blogger.