PUBLICIDADE

STF é bombardeado com tinta vermelha e gritos de Lula Livre

Manifestantes atiraram tinta vermelha no Supremo Tribunal Federal, nesta terça (24), ao tempo que gritavam Lula Livre. A ação ocorreu no hall de entrada do STF, por volta das 12h30.

O “flash mob” (protesto instantâneo) contou com a presença de 50 pessoas que jogaram no piso do Supremo uma réplica gigante da Constituição e tinta vermelha. O Salão Branco atingido é passagem obrigatória de ministros e assessores da corte.

Nos últimos dias, militância pró-Lula tem realizado manifestações-relâmpago pela liberdade do petista. Neste fim de semana, por exemplo, houve protestos nos mercados municipais de Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR).

Lula é mantido preso político há 109 dias na Polícia Federal de Curitiba. Ele cumpre pena antecipada de 12 anos e um mês, apesar de a condenação imposta pelo juiz Sérgio Moro e o TRF4 mesmo sem que houvesse uma única prova.




Fonte: esmaelmorais.com.br
Tecnologia do Blogger.