PUBLICIDADE

Polícia prende suspeito de participação na morte de PM em São Paulo

A polícia prendeu durante a madrugada desta terça-feira (7) um suspeito de participar da morte da PM Juliane dos Santos, de 27 anos. O corpo dela foi encontrado na noite de ontem (6), no porta-malas de um carro na Zona Sul de São Paulo. O corpo dela foi encontrado na noite de ontem, no porta-malas de um carro na Zona Sul de São Paulo e está sendo velado na manhã de hoje desde as 7h20 no Cemitério Municipal Cemitério Vila Euclides, no Centro de São Bernardo do Campo, na região do ABC. O sepultamento deve decorrer por volta das 14h.

De acordo com o canal “GloboNews”, um outro suspeito foi detido, mas acabou liberado. O homem que ficou detido de forma temporária (15 dias) não teve identidade revelada. A 89ª DP, que investiga o crime, ainda não explicou qual seria o envolvimento dele no caso.

Juliane estava desaparecida desde a semana passada, quando ela saiu para ir até a comunidade de Paraisópolis, que também fica na Zona Sul de São Paulo. Segundo amigos da policial morta, ela teria ido ao local para comemorar a chegada do bebê de um casal de amigos. Depois disso, ela foi a um bar na região e teria se identificado como policial militar quando uma pessoa disse que não estava encontrando o celular, a fim de ajudar a localizar o aparelho.

Testemunhas contaram que 40 minutos depois que isso aconteceu, quatro homens com encapuzados invadiram o bar e atiraram contra Juliane, levando o corpo dela em seguida.

Fonte: MSN
Tecnologia do Blogger.