PUBLICIDADE

Pesquisa MDA aponta empate técnico entre Bolsonaro e Haddad pela 1ª vez

Fernando Haddad (PT) surgem pela primeira vez tecnicamente empatados na disputa eleitoral, conforme os resultados da pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte). O levantamento divulgado neste domingo (30) mostra Bolsonaro com 28,2% das intenções de voto e Haddad com 25,2% da preferência dos entrevistados.
O empate técnico acontece porque a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Considerando essa margem, Bolsonaro pode ter entre 26% e 30,4%. Já Haddad pode ter entre 23% e 27,4%.
Ciro Gomes (PDT) surge em seguida com 9,4%, tecnicamente empatado com Geraldo Alckmin (PSDB), que marcou 7,3%. Marina Silva (Rede) registrou 2,6%.
Veja a intenção de voto para presidente: 

Jair Bolsonaro (PSL): 28,2%
Fernando Haddad (PT): 25,2%
Ciro Gomes (PDT): 9,4%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7,3%
Marina Silva (Rede): 2,6%
João Amoêdo (Novo): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 1,7%
Cabo Daciolo (Patriota): 0,7%
Guilherme Boulos (PSOL): 0,4%
Vera (PSTU): 0,3%
José Maria Eymael (DC): 0,1%
João Goulart Filho (PPL): 0,1%
Branco/Nulo: 11,7%
Indeciso: 8,3%

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas nos dias 27 e 28 de setembro em 137 municípios de 25 unidades da federação. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03303/2018 e tem nível de confiança de 95%.
última pesquisa MDA/CNT de intenções de voto dos candidatos à Presidência foi divulgada em 17 de setembro. Ela trazia Bolsonaro em primeiro lugar, com 28,2% das intenções, seguido por Haddad, com 17,6%, e Ciro, com 10,8%.
Pesquisa Datafolha divulgada na sexta-feira (28) mostrou Bolsonaro com 28% das intenções de voto, Haddad com 22% e Ciro com 11%.
Segundo o levantamento MDA/CNT divulgado neste domingo, Bolsonaro e Haddad são os candidatos cujos eleitores se declaram como os mais decididos a confirmar o voto neles: acima de 80% para ambos.
A pesquisa ainda aponta que 76,4% manterão a decisão de voto, mesmo em caso de o seu candidato de preferência não ter chance de ir para o 2º turno. Outros 21% dos entrevistados dizem que poderão mudar o voto.
Os candidatos com mais chances de receber o voto de entrevistados que se declaram indecisos, sendo permitido citar até duas opções, são: Fernando Haddad, 19,3%; Ciro Gomes, 18,7%; Jair Bolsonaro, 17,5%; Geraldo Alckmin; 13,3%; Marina Silva, 7,8%; Alvaro Dias, 3,6%; João Amoêdo, 3%, e Henrique Meirelles, 1,2%.

Segundo turno

A pesquisa MDA/CNT também trouxe cenários de segundo turno. Veja os principais resultados, considerando a intenção de voto estimulada:
Haddad X Bolsonaro
Fernando Haddad: 42,7%
Jair Bolsonaro: 37,3%
Branco/Nulo: 16,1%
Indeciso: 3,9%

Ciro x Bolsonaro
Ciro Gomes: 42,7%
Jair Bolsonaro: 35,3%
Branco/Nulo: 17,8%
Indeciso: 4,2%

Bolsonaro x Alckmin
Jair Bolsonaro: 37%
Geraldo Alckmin: 33,6%
Branco/Nulo: 25,1%
Indeciso: 4,3%

Ciro x Haddad
Ciro Gomes: 34%
Fernando Haddad: 33,9%
Branco/Nulo: 26,9%
Indeciso: 5,2%

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas nos dias 27 e 28 de setembro em 137 municípios de 25 unidades da federação. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03303/2018 e tem nível de confiança de 95%.
última pesquisa MDA/CNT de intenções de voto dos candidatos à Presidência foi divulgada em 17 de setembro. Ela trazia Bolsonaro em primeiro lugar, com 28,2% das intenções, seguido por Haddad, com 17,6%, e Ciro, com 10,8%.
Pesquisa Datafolha divulgada na sexta-feira (28) mostrou Bolsonaro com 28% das intenções de voto, Haddad com 22% e Ciro com 11%.
Segundo o levantamento MDA/CNT divulgado neste domingo, Bolsonaro e Haddad são os candidatos cujos eleitores se declaram como os mais decididos a confirmar o voto neles: acima de 80% para ambos.
A pesquisa ainda aponta que 76,4% manterão a decisão de voto, mesmo em caso de o seu candidato de preferência não ter chance de ir para o 2º turno. Outros 21% dos entrevistados dizem que poderão mudar o voto.
Os candidatos com mais chances de receber o voto de entrevistados que se declaram indecisos, sendo permitido citar até duas opções, são: Fernando Haddad, 19,3%; Ciro Gomes, 18,7%; Jair Bolsonaro, 17,5%; Geraldo Alckmin; 13,3%; Marina Silva, 7,8%; Alvaro Dias, 3,6%; João Amoêdo, 3%, e Henrique Meirelles, 1,2%.

Segundo turno

A pesquisa MDA/CNT também trouxe cenários de segundo turno. Veja os principais resultados, considerando a intenção de voto estimulada:
Haddad X Bolsonaro
Fernando Haddad: 42,7%
Jair Bolsonaro: 37,3%
Branco/Nulo: 16,1%
Indeciso: 3,9%

Ciro x Bolsonaro
Ciro Gomes: 42,7%
Jair Bolsonaro: 35,3%
Branco/Nulo: 17,8%
Indeciso: 4,2%

Bolsonaro x Alckmin
Jair Bolsonaro: 37%
Geraldo Alckmin: 33,6%
Branco/Nulo: 25,1%
Indeciso: 4,3%

Ciro x Haddad
Ciro Gomes: 34%
Fernando Haddad: 33,9%
Branco/Nulo: 26,9%
Indeciso: 5,2%

Ciro x Alckmin
Ciro Gomes: 41,5%
Geraldo Alckmin: 23,8%
Branco/Nulo: 29,1%
Indeciso: 5,6%

Haddad x Alckmin
Fernando Haddad: 39,8%
Geraldo Alckmin: 28,5%
Branco/Nulo: 26,4%
Indeciso: 5,3%

Índices de rejeição

O levantamento também testou junto aos entrevistados o limite de voto que candidatos à Presidência podem receber. Na divulgação da pesquisa consta apenas os quatro candidatos mais bem colocados. Veja abaixo os índices dos que declararam "não votar de jeito nenhum" no nome apresentado:
Jair Bolsonaro: 55,7%
Geraldo Alckmin: 52,8%
Fernando Haddad: 48,3%
Ciro Gomes: 37,1%

Interesse nas eleições



A pesquisa MDA/CNT ainda fez outras perguntas relacionadas à eleição e às expectativas da população quanto a cenários a partir do ano que vem com um novo presidente da República.

Faltando apenas uma semana para o primeiro turno, marcado para 7 de outubro, 20,8% dos entrevistados afirmaram ter "pouco interesse" nas eleições deste ano e 21,4% afirmaram ter "nenhum interesse". Outros 32% disseram estar "muito interessados", enquanto 25,1% têm "médio interesse" no processo eleitoral.

Ao todo, 72,5% viram ou ouviram o programa eleitoral na televisão ou no rádio. Já 27,5% ainda não viram ou ouviram.

Quanto ao conhecimento sobre os candidatos a presidente, 19,5% afirmaram conhecer bastante as opções, 40,4% afirmaram conhecer mais ou menos, 26,5% afirmaram conhecer pouco e 12,9%, nada.



Na opinião de quem já viu ou ouviu, o candidato que está apresentando a melhor propaganda eleitoral é: Fernando Haddad (20,8%); Jair Bolsonaro (18%); Geraldo Alckmin (12,9%); Ciro Gomes (12,5%); Henrique Meirelles (3,1%); outros candidatos (5,5%); nenhum (14,5%); não souberam informar (12,7%).

Fonte: Uol
Tecnologia do Blogger.