PUBLICIDADE

TSE nega pedido de Bolsonaro para tirar matérias do ar na PB

O Tribunal Superior Eleitoral negou, em decisão nesta sexta-feira (26), um pedido do jurídico da campanha do presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL, para retirar do ar, matérias veiculadas em órgãos da imprensa ligados ao Governo da Paraíba.
A decisão foi do ministro Jorge Mussi. No pedido de liminar, a coligação de Bolsonaro acusava o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), de abuso de poder econômico em favor da canddiatura de Fernando Haddad.
Na acusação, Coutinho era acusado de coagir professores para aderirem a campanha pró Haddad. O ministro, todavia, lembrou que essas acusações devem ser observadas com cautela.
Mussi ainda avaliará o mérito da ação. A repercussão do conteúdo está publicado no jornal on line O Estadão.

Fonte: PB Agora
Tecnologia do Blogger.