PUBLICIDADE

Solânea faz 65 anos com economia girando em torno dos R$ 234 milhões


O município de Solânea completa 65 anos de emancipação, nesta segunda-feira (26), com um crescimento econômico que vem sendo marcado pelo comércio local. A cidade tem, atualmente, um Produto Interno (PIB) que gira na casa dos R$ 234,5 milhões, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). O PIB é a soma de todas as riquezas geradas por um município.
Quem vive ou passa na cidade percebe nitidamente o crescimento do comércio, que é movimentado por lojas, farmácias, bares, restaurantes, hotéis, pousadas, entre outros itens que contribuem para a geração de emprego e renda. 
Solânea também tem crescido com a comunicação local formada por rádios e sites locais, que mantêm os moradores e visitantes sempre muito bem informados.
História

A fundação, propriamente dita, é atribuída aos habitantes que povoaram a região, por volta dos anos de 1750-1800. Segundo a história oficial, um dos descendentes dos colonizadores da família Soares Cardoso Moreno, vindo do Ceará, fixou moradia, nas terras planas, com fazenda de gado e engenho.
Com o crescimento da região, alguns pioneiros – tais como Leôncio Costa, Alfredo Pessoa de Lima, e tantos outros – empreenderam esforços no sentido de transformar o pequeno povoado em Distrito de Paz. Isto só veio ocorrer no dia 4 de dezembro de 1926. Assegurado pela Lei nº 637, o pequeno aglomerado passou a ser chamado de Moreno, nome dado em homenagem ao seu fundador.
A partir de 1927, Moreno viveu intensos dias de vida social e cultural, começando a se projetar no cenário comunal. Em 15 de novembro de 1938, sob o Decreto-lei nº 1.164, Moreno eleva-se à categoria de Vila.
A antiga Vila de Moreno, alcançou sua independência e emancipação política, administrativa e social, graças a uma forte reivindicação dos homens de grande visão da época. O projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa da Paraíba, foi de autoria do então deputado estadual Humberto Coutinho de Lucena.
A Lei nº 967 que criou o município de Solânea, datada de 26 de novembro de 1953, foi sancionada pelo então governador do Estado, João Fernandes de Lima, concedendo fórum à cidade e, consequentemente, criando o município e comarca de Solânea. Em homenagem a esta data, construiu-se a principal praça da cidade, em frente à igreja matriz de Santo Antônio, padroeiro do município. O município foi instalado em 30 de dezembro de 1953.
Desde 2001 a cidade realiza umas das maiores festas juninas do estado da Paraíba e do Brasil com uma media de 40.000 pessoas nos últimos dias e em media de 2.000 nos demais que acontece de 12 a 24 de junho.
Fonte: FN
Tecnologia do Blogger.